Avião cargueiro com as cores da Madeira está hoje nos Açores

Miguel Silva

O aparelho operado pelo consórcio Mais acaba de anunciar o início de uma nova operação para Ponta Delgada e Terceira. Trata-se de um voo diário que em nada interfere com a rota Lisboa-Funchal.

"Chegámos aos Açores!". Assim anuncia o consórcio o início de uma nova operação com o aparelho decorado com as cores de alguns frutos típicos da Madeira, conforme nova imagem apresentada no Funchal na semana passada.

De acordo com a mesma informação da companhia, o avião "começou hoje a voar para os Açores". A operação vai acontecer cinco dias por semana com um voo entre Lisboa e Ponta Delgada e durante três dias por semana até à Ilha Terceira.

Trata-se de um aparelho com capacidade para oito toneladas que "está assim também à disposição dos açorianos, criando um maior elo de ligação entre os produtos de carga das ilhas e o continente".

Em declarações ao JM, António Beirão, o responsável do consórcio, acaba de explicar que se trata de uma operação autónoma, destinada apenas ao arquipélago dos Açores, mas semelhante ao que acontece com a Madeira e o continente.

"Nós temos quatro aviões a voar sobre Portugal", explica Beirão. Dois estão sedeados em Lisboa e outros dois no Porto. Por razões operacionais, os aparelhos mudam de rotas e é normal que o avião pintado com elementos alusivos à Madeira percorra também outros aeroportos. Aliás, este avião que hoje aterrou em Ponta Delgada já esteve em Espanha, acrescentou António Beirão.