ADM Tech e Bintertechnic dão pulo tecnológico à companhia aérea Binter

Alberto Pita

A companhia aérea de aviação Binter é hoje também fabricante de peças de aeronáutica, e essa circunstância dá-lhe, no contexto de toda a Espanha, um estatuto único, pois mais nenhuma transportadora aérea do país desenha e produz peças para aeronaves.

É através da ADM Tech, uma empresa do grupo, que a companhia desenvolve a tecnologia de ponta. Atualmente, os 19 engenheiros e sete funcionários da produção, a maioria dos quais naturais do arquipélago canário, desenham e produzem peças metálicas e de plástico dos seus aviões ATR, mas também já respondem a algumas encomendas estrangeiras de países como a Rússia e os EUA.

A Tech é gerida pelo primeiro funcionário da Binter, Luís Bernal, de 64 anos, mas a idade média da empresa é de apenas 35 anos.

A visão dos mais velhos aliada à criatividade dos mais novos permitem à empresa encontra soluções diferentes e mais baratas. Por exemplo, algumas das máquinas utilizadas para produzir as componentes das aeronaves são fabricadas pelos próprios colaboradores.

A ADM Tech ganhou instalações próprias há dois anos e meio, e hoje o grupo de jornalistas madeirenses que esteve nos últimos dias a conhecer a empresa teve oportunidade de as conhecer.

A parte inventiva da Binter está nesta empresa, mas os trabalhos de manutenção da frota são realizados no hangar. O espaço amplo, capaz de receber várias aeronaves – ontem estavam três a ser reparadas – permite que toda a frota esteja permanentemente a ser controlada pelas cerca de 150 pessoas que ali trabalham. Uma vez mais, o grupo criou uma empresa para esta área. Chama-se Bintertechnic e é dirigida pelo engenheiro-chefe Ildefonso Becerro.

Leia mais sobre o tema na edição de amanhã do JM.