Binter critica as taxas aeroportuarias “muito elevadas” entre a Madeira e o Porto Santo

Alberto Pita, em Canárias

A companhia aérea Binter criticou hoje as taxas aeroportuárias ‘muito elevadas’ entre a Madeira e o Porto Santo.

As taxas custam 32,5 euros, quando em percursos similares entre ilhas nas Canárias as taxas cifram-se entre 4 e 5 euros.
Miguel Ángel Suárez, diretor de Marketing, disse que já falou com o Governo Regional e com a Câmara Municipal do Porto Santo, que ambos se mostraram “preocupados” com a situação e, inclusive, Idalino Vasconcelos abordou o assunto com Marcelo Rebelo de Sousa, quando o Presidente da República visitou pela última vez a ilha dourada.
O responsável da Binter rejeitou categoricamente a entrada na ligação entre a Madeira e Lisboa, alegando que a rota não estão nas prioridades da empresa.