Plataforma online "Madeira Empregos" tem mais de 20 ofertas

Susy Lobato

A plataforma online, criada há pouco mais de um mês para impulsionar o emprego na Região Autónoma da Madeira, já recebeu mais de trinta registos de empresas que, no total, disponibilizam mais de duas dezenas de ofertas de emprego.

O projeto, intitulado “Madeira Empregos”, foi lançado por um jovem madeirense que, ao terminar o seu curso superior na cidade do Porto, e na tentativa de entrar no mercado de trabalho, verificou uma lacuna. «Ainda antes de terminar o curso, eu, como qualquer outro jovem, já me questionava sobre o mercado de trabalho. Se encontraria emprego na minha área e se estas oportunidades seriam na Ilha da Madeira», transmitiu Rui Lira, explicando que, na fase de pesquisa online sobre empregos na Madeira, «as fontes eram escassas e a informação bastante dispersa».

Dessa forma, sentiu que havia a necessidade de um espaço único e exclusivamente dedicado à Região, onde fosse possível encontrar toda esta informação. Foi então que, após concluir os seus estudos e ter conseguido integrar o mercado de trabalho, na mesma cidade, decidiu dedicar-se, no tempo disponível, ao desenvolvimento de uma nova plataforma.

Rui Lira explica que o projeto «tem como principal objetivo ajudar as empresas madeirenses, bem como os residentes da Ilha da Madeira na procura e divulgação de emprego local», fomentando «não só emprego a full-time mas também em part-time, estágios e trabalhos de verão».

O promotor da plataforma considera que «existem propostas de emprego no mercado, contudo, estas não chegam facilmente ao público-alvo». No que respeita à divulgação online, considera que «a informação respeitante à procura e à oferta de emprego é ainda escassa e dispersa».

Apesar do nível de desemprego ser preocupante, Rui Lira acredita que «uma boa coordenação entre a procura e oferta de emprego é um passo fundamental para combater o nível de desemprego».

O projeto, ainda numa fase inicial e de crescimento, enfrenta o desafio da divulgação e da adesão à plataforma, quer por parte das empresas quer por parte dos utilizadores.