Euro sobe pela segunda sessão consecutiva

Lusa

O euro subiu hoje face ao dólar, pela segunda sessão consecutiva, mas manteve-se na barreira dos 1,16 dólares, no mesmo dia em que Angela Merkel reiterou que a imigração é um desafio decisivo para a Europa.

Às 18:38 (hora de Lisboa), o euro negociava a 1,1674 dólares, quando na terça-feira, pelas 18:18, seguia a 1,1650 dólares.

O euro também subiu face ao iene, mas recuou em comparação com a libra.

O Banco Central Europeu (BCE) fixou hoje a taxa de câmbio de referência do euro em 1,1642 dólares.

A chanceler alemã, Angela Merkel, reiterou hoje que a imigração é um desafio decisivo para a Alemanha e para a Europa que exige soluções acordadas entre os países envolvidos.

“O modo como gerirmos a crise migratória é decisivo para a sobrevivência da Europa”, disse Merkel numa intervenção no Bundestag (câmara baixa do parlamento).

As divergências que levaram Seehofer a ameaçar com a demissão foram parcialmente superadas, mas o terceiro parceiro da coligação governamental, o Partido Social-Democrata (SPD), recusou hoje uma parte do acordo conseguido entre CDU e CSU.

A criação de instalações perto da fronteira com a Áustria, onde se determinaria quem pode tratar dos pedidos de asilo na Alemanha, é um dos pontos-chave do compromisso entre CDU e CSU.

“Rejeitamos a criação de centros fechados para refugiados”, disse no parlamento a presidente do SPD, Andrea Nahles.