Disney melhora oferta inicial para compra da 21st Century Fox

Lusa

A Walt Disney anunciou hoje que subiu a oferta para comprar grande parte dos ativos do grupo de 'media' e entretenimento 21st Century Fox para 71,3 mil milhões de dólares (61,5 mil milhões de euros).

A proposta inicial da Disney anunciada em dezembro tinha sido de 52.400 milhões de dólares.

Esta nova oferta surge depois de uma outra anunciada na semana passada pelo operador Comcast, no valor de 65 mil milhões de dólares, totalmente em numerário.

Já a oferta da Disney inclui metade do pagamento em numerário e metade em ações.

A cadeia de televisão Fox News, The Wall Street Journal e a agência de informação DowJones, que pertencem igualmente à família Murdoch, não fazem parte dos ativos que vão ser vendidos, ao contrário do que acontece com os estúdios de cinema 21st Century Fox e com o canal de televisão National Geographic, entre outros ativos.

Os detalhes financeiros desta operação dão conta de um valor total de 71,3 mil milhões de dólares, dos quais 35,7 mil milhões serão pagos em dinheiro. Os acionistas da Fox vão igualmente receber 343 milhões de ações da Disney, o que lhes dará 19% do capital da nova entidade.

A Disney sublinhou que os conselhos de administração das duas empresas aprovaram esta nova proposta, ou seja que a empresa tem o apoio de Rupert Murdoch e dos seus dois filhos, Lachlan e James, principais acionistas e dirigentes da 21st Century Fox.