Dívida bruta da Administração Pública Regional diminui para 4.968,7 milhões de euros

No final do 2.º trimestre de 2022, a dívida bruta da Administração Pública Regional (APR) situava-se em 4 968,7 milhões de euros, tendo diminuído cerca de 300,7 milhões de euros (-5,7%) face ao final do trimestre anterior e aumentado 2,6 milhões de euros (+0,1%) comparativamente ao período homólogo.

Segundo os dados hoje divulgados pela Direção Regional de Estatística da Madeira, a diminuição da dívida da APR verificada neste trimestre é explicada pela amortização de empréstimos utilizando para esse efeito quer a emissão obrigacionista ocorrida em março de 2022, quer receitas próprias da Região.

Analisando a evolução da composição da dívida bruta por instrumento financeiro observa-se que o peso dos empréstimos diminuiu de 51,2% para 46,8% entre o 2.º trimestre de 2021 e o homólogo de 2022, sucedendo o inverso no que respeita à dívida titulada, cujo peso, no mesmo período, subiu de 48,8% para 53,2%.

A repartição da dívida por setor emitente mostra que o Governo Regional é responsável por 91,6% (90,7% no trimestre homólogo) do total da dívida e as Empresas Públicas classificadas no perímetro da APR por 8,4% (9,3% no 2.º trimestre de 2021)