Rainha Isabel II, de 95 anos, usa pela primeira vez bengala em ato público

A rainha britânica, Isabel II, usou hoje pela primeira vez uma bengala num ato público, um serviço religioso na abadia londrina de Westminster para assinalar o centenário da Royal British Legion, organização de beneficência das Forças Armadas.

A monarca, de 95 anos, utilizou a bengala “para sua comodidade”, segundo fontes do palácio de Buckingham, quando saiu do carro para entrar na abadia e, novamente, ao sair.

Além disso, não entrou pela porta habitual, a Great West Door, mas por outra, a do Poet’s Yard, situada mais perto do local onde iria sentar-se.

Apesar da idade avançada, esta é a primeira vez que Isabel II usa uma bengala num ato oficial deste tipo, embora em 2003 e 2004 tenha sido vista com uma, após uma operação a um joelho.

A rainha, de casaco e chapéu azul marinho, e a sua única filha, a princesa Ana, de lilás, assistiram juntas à missa em que também estiveram presentes militares no ativo e veteranos, os seus familiares e representantes da British Legion, da qual a soberana é patrona.

Na cerimónia, foi destacado o trabalho da organização, fundada em 1921 para cuidar dos militares e suas famílias após a Primeira Guerra Mundial.

Quanto aos seus próximos compromissos, está previsto que Isabel II e outros membros da família real assistam à cimeira do clima COP26, que se realizará entre 31 de outubro e 12 de novembro na cidade escocesa de Glasgow e reunirá líderes de todo o mundo para acordar os próximos passos no combate às alterações climáticas.