Preço das casas sobe na zona euro no 3.º trimestre de 2020 com Portugal acima da média

Lusa

Os preços das casas aumentaram 4,9% na zona euro e 5,2% na União Europeia (UE) no terceiro trimestre de 2020, face ao período homólogo, com Portugal a registar uma subida acima da média (7,1%), segundo o Eurostat.

De acordo com o gabinete estatístico europeu, os preços das casas, medidos pelo Índice de Preços das Casas, subiram 1,3% na zona euro e 1,4% na UE em comparação com o segundo trimestre de 2020, apresentando Portugal um aumento abaixo da média (0,5%).

Entre os Estados-membros para os quais existem dados disponíveis, os maiores aumentos homólogos dos preços das casas no terceiro trimestre de 2020 foram observados no Luxemburgo (13,6%), na Polónia (10,9%) e na Áustria (8,9%), tendo as únicas descidas sido registadas em Chipre (-1,4%) e na Irlanda (-0,8%).

Em comparação com o trimestre anterior, os maiores aumentos foram registados na Hungria (5,2%), Dinamarca (4,2%) e Letónia (3,7%), tendo, por outro lado, havido descidas em cadeia dos preços das casas em Chipre (-4,8%), Roménia (-2,6%), Itália (-2,5%) e Croácia (-0,6%).