ORAM 2021: JPP preocupada com os “abusos laborais”

Redação

Rafael Nunes, vice-presidente do grupo parlamentar do JPP, levou uma mão cheia de sugestões à reunião com Pedro Calado, no âmbito das audições aos partidos para preparação das propostas de Orçamento e Plano da Região para 2021.

O porta-voz dos Juntos pelo Povo pediu uma atenção particular às PME’s e maior fiscalização para “evitar abusos laborais”, defendendo também que a Região deve atingir o diferencial fiscal, optando pela redução dos primeiros escalões IRS e pela descida paulatina do IVA para repor poder de compra.

O turismo, que representa 26% do PIB, as ligações aéreas e os transportes marítimos, nomeadamente o ferry, foram outros dos temas que Rafael Nunes levou à reunião com o vice-presidente.

O vice-presidente do grupo parlamentar do JPP pediu ainda soluções para as listas de espera, lembrando as 20 mil cirurgias em ‘stand by’ e as 40 mil consultas de especialidade a aguardar.

Rafael Nunes quer também um apoio complementar ao doente oncológico e a atribuição de 60 euros aos pensionistas com pensões abaixo do salário mínimo.

Uma maior dotação para os programas de emprego e novos programas, medidas de preservação ambienta, apoios ao setor primário maior, às pescas, à economia azul e o combate às perdas de água.