MADEIRA Meteorologia

Dormidas no alojamento turístico na Região cresceram 32,7% em março de 2023

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
28 Abril 2023
11:55

De acordo com os primeiros dados para o sector de alojamento turístico da Região, referentes ao mês de março de 2023, estima-se a entrada de 172,5 mil hóspedes que geraram 855,8 mil dormidas, traduzindo variações homólogas de +43,4% e de +32,7%, respetivamente. Comparativamente a março de 2019, registaram-se, pela mesma ordem, aumentos de 49,3% e 30,9%.

O valor acumulado dos hóspedes entrados, para o período de janeiro a março de 2023, ascendeu a 434,0 mil, enquanto as dormidas aproximaram-se dos 2,3 milhões, +52,8% do que no 1.º trimestre do ano precedente.

Para efeitos de comparabilidade com os dados divulgados pelo INE, é necessário excluir o alojamento local com menos de 10 camas, sendo que, segundo esta lógica de apuramento de resultados, as dormidas do alojamento turístico, em março de 2023, apresentaram um aumento homólogo de 27,9%, ligeiramente superior à verificada a nível nacional (+26,7%).

Na Região, as dormidas de residentes em Portugal cresceram 46,9% relativamente ao mês homólogo, atingindo as 146,4 mil (17,1% do total), enquanto as de residentes no estrangeiro subiram 30,1%, situando-se em 709,4 mil. Note-se que, face a março de 2019, a variação nas dormidas produzidas por residentes em Portugal foi de +132,9%, e de +20,0%, no caso das produzidas por residentes no estrangeiro. Os hóspedes entrados, em março de 2023, com residência no País, totalizaram 45,5 mil e os com residência no estrangeiro 127,1 mil.

No País, em março de 2023, o mercado interno contribuiu com 1,5 milhões de dormidas, tendo aumentado 16,3%. Os mercados externos predominaram (peso de 70,6%) e totalizaram 3,6 milhões de dormidas (+31,6%). Por regiões, a Área Metropolitana de Lisboa (+30,8%) e o Norte (+30,1%) apresentaram crescimentos nas dormidas superiores a 30%, em contraponto com a Alentejo, região cujo aumento neste indicador não ultrapassou os 13,4%.

Os primeiros dados estimados, na Região, para o mês de referência, mostram que os principais mercados emissores de residentes no estrangeiro representaram 82,9% do total de dormidas. Nesse conjunto, o mercado da Alemanha foi o que registou mais dormidas, em março de 2023, cerca de 207,4 milhares, seguido do Reino Unido, com 162,6 milhares, e da França, com 48,4 mil.

Em março de 2023, 11,2% dos estabelecimentos de alojamento turístico terão estado encerrados ou não registaram movimento de hóspedes.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Há condições para o Orçamento da Região ser aprovado esta semana?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas