Custódio Correia acredita que Miguel Correia será “um futuro campeão”

JM

O empresário Custódio Correia apoia o sonho do sobrinho, Miguel Correia, plenamente confiante das suas capacidades e com a convicção de que será “um futuro campeão” no campeonato de ralis.

Em declarações ao JM, esta noite, na apresentação do projeto desportivo do piloto bracarense para a temporada 2020 no Campeonato de Portugal de Ralis, o empresário da Socicorreia realçou que este desporto é “um gosto pessoal dele”, “e, quando ele me pediu se eu o podia apoiar, foi com gosto, porque eu já apoio alguns carros de rali há muitos anos”, lembrou.

Reconhecendo que este apoio a Miguel Correia se reveste de “um prazer diferente, porque para além de aparecer o nome da empresa, é o meu sobrinho”, Custódio Correia elogiou as qualidades do piloto.

“Conheço as capacidades dele e não tenho dúvidas que ele pode vir a ser um futuro campeão. Este ano espero, sinceramente, que ele fique nos cinco primeiros e acredito que o vá fazer, porque ele é muito regular, muito certinho e acho que ele vai ser uma mais-valia para o futuro campeonato de ralis, porque precisamos de pilotos novos e ele é um deles”, vaticinou.

Já à pergunta sobre se será tão exigente com Miguel Correia, como o é nos negócios, o empresário respondeu que a única coisa que espera é dedicação e esforço.

“Eu tenho que ter consciência que ele fez tudo para ter os melhores resultados, se ele fizer tudo e não chegar lá, tudo bem. Isso é assim em todos os negócios e no desporto, mas não tenho dúvidas que ele vai fazer tudo e ele também sabe que eu vou estar atento”, rematou.

Sonho de vencer RVM

A Madeira é um local que só recebe elogios do piloto Miguel Correia, que revelou o desejo de subir ao pódio do Rali Vinho Madeira, o que “seria um sonho tornado realidade”, admitiu, ao JM.

Quanto à importância do apoio que recebe, deixou apenas uma ideia: “costuma-se dizer que sem piloto não há equipa, mas sem Socicorreia e sem Custódio Correia também não existia esta equipa, e eu acho que estas palavras dizem tudo”.

Em declarações ao JM, manifestou ainda a vontade de participar em provas desportivas na Madeira, ainda que tenha frisado que a sua prioridade é o campeonato nacional.

“Sem dúvida que há alguns ralis do campeonato regional da Madeira que eu tenho interesse em estar presente e, naquilo que o meu campeonato permitir - porque a prioridade será sempre o campeonato nacional -, eu não irei perder uma oportunidade de estar na ilha da Madeira, à qual eu me adapto bastante bem e onde me sinto em casa e sou sempre bem recebido pelo povo madeirense”, elogiou.