Tomás Lacerda é o 1.º português a vencer uma prova na prestigiada ‘Glagla Race’

Carla Sousa

Ontem, dia 18 de janeiro, o jovem atleta madeirense Tomás Lacerda fez história no desporto em Portugal, não uma, mas duas vezes: foi o primeiro português a subir ao pódio da mítica e prestigiada prova internacional de Stand Up Paddle ‘GlaGla Race 2020’ e foi o primeiro júnior português a vencer uma prova internacional nesta modalidade.

A competir com mais de 600 atletas de 25 nacionalidades, numa das provas de SUP race de inverno mais importantes e desafiantes do mundo, nas águas geladas do Lago de Annecy, nos Alpes franceses, onde a temperatura da água rondou os 6°C e a do ar não passou dos quatro graus, o jovem atleta do Clube Naval do Funchal venceu a prova de Race Técnico, no escalão júnior, e foi sétimo classificado no ranking geral (seniores) tendo ficado apenas a 30 segundos do primeiro classificado.

Na maratona de 14 km, o navalista ficou no segundo lugar do mesmo escalão e na 14.° posição do ranking geral. Resultados extraordinários para um jovem que compete pela primeira vez numa prova internacional em que a notoriedade é tão alta que a simples participação é, per si, prestigiante para qualquer atleta que nela participe.