Conor McGregor arrisca pena de prisão devido a acusações de agressão

O lutador Conor McGregor foi formalmente acusado de agressão devido a um episódio registado no passado dia 6 de abril, no Marble Arch Pub, em Dublin, no qual foi filmado a desferir um soco num homem de cerca de 50 anos que se encontrava sentado ao balcão.

Será presente a tribunal no próximo dia 11. Uma notícia adiantada, este sábado, pela estação televisiva ESPN, citada pelo Notícias ao Minúto. A informação foi, entretanto, confirmada pela porta-voz do atleta, Karen Kessler.

A publicação acrescenta, ainda, que o irlandês, que já se mostrou arrependido da atitude, arrisca uma pena máxima de prisão de seis meses, uma multa de 1 646 dólares - 1499,1 euros - ou ambas.

Conor McGregor, recorde-se, não compete para a UFC desde outubro de 2018, quando foi derrotado por Khabib Nurmagomedov. No entanto, os últimos rumores apontam para que regresse ao ativo ainda este ano.