Seleção portuguesa e Cristiano Ronaldo nomeados para os Prémios Laureus

A seleção portuguesa de futebol e Cristiano Ronaldo foram hoje nomeados para os Prémios Laureus de melhor equipa e de desportista masculino do ano, respetivamente, sendo os vencedores conhecidos na gala de 14 de fevereiro, no Mónaco.

O capitão da seleção nacional, que venceu recentemente o prémio FIFA "The Best" e a Bola de Ouro da revista France Football, pode, assim, tornar-se o primeiro futebolista a conquistar o galardão de desportista masculino do ano.

Cristiano Ronaldo concorre com o atleta jamaicano Usain Bolt, o atleta britânico Mo Farah, os basquetebolistas norte-americanos LeBron James e Stephen Curry e o tenista britânico Andy Murray. Esta é já a quarta nomeação do jogador português, depois de ter sido considerado para o prémio em 2009, 2014 e 2015.

Para o prémio de desportista feminina do ano, a organização dos Prémios Laureus destacou as seguintes atletas: Simone Biles (EUA/ginástica), Allyson Felix (EUA/atletismo), Angelique Kerber (Alemanha/ténis), Katie Ledecky (EUA/natação), Elaine Thompson (Jamaica/atletismo) e Laura Trott (Grã-Bretanha/ciclismo).

Já a seleção portuguesa de futebol, que surge entre os nomeados pela conquista do Euro2016, tem a concorrência no prémio de equipa do ano da seleção olímpica brasileira de futebol, do Real Madrid, dos Cleveland Cavaliers (basquetebol), da Mercedes (Fórmula 1) e dos Chicago Hubs (basebol).

Na categoria de revelação do ano, os nomeados são: a etíope Almaz Ayana (atletismo), a equipa masculina de ‘sevens’ de Fiji (râguebi), a seleção masculina de futebol da Islândia, o campeão inglês de futebol Leicester, Nico Rosberg (Fórmula 1) e o sul-africano Wayde van Niekerk (atletismo).

Por sua vez, a atleta espanhola Ruth Beitia, o nadador norte-americano Michael Phelps, o tenista argentino Juan Martin del Potro, o triatleta da Mauritânia Fabienne St. Louis, o cavaleiro britânico Nick Skelton e o esquiador norueguês Aksel Lund Svindal são os nomes eleitos para a categoria de regresso do ano.

A organização conta ainda com um prémio para os atletas de ação, para o qual foram nomeados Rachel Atherton (Grã-Bretanha/mountain bike), Pedro Barros (Brasil/skate), John John Florence (EUA/Surf), Chloe Kim (EUA/snowboard), Kelly Sildaru (Estónia/ski) e Tyler Wright (Austrália/surf).

Por fim, o atleta paralímpico do ano será conhecido do seguinte lote de desportistas: Ihar Boki (Bielorrússia/natação), Omara Durand (Cuba/atletismo), Marcel Hug (Suíça/atletismo), Sophie Pascoe (Nova Zelândia/natação), Siamand Rahman (Irão/levantamento de peso) e Beatrice Vio (Itália/esgrima em cadeira de rodas).

Os prémios Laureus são atribuídos desde o ano 2000, tendo Lisboa acolhido a organização das edições de 2004 e 2005. A cerimónia deste ano realiza-se no dia 14 de fevereiro, no principado do Mónaco.