Ginásio de São Martinho adaptado a modalidade paralímpica

O Ginásio Municipal de São Martinho foi adaptado à prática de Boccia, modalidade que integra o circuito paralímpico para cidadãos com mobilidade reduzida. A medida foi colocada em prática pela Câmara Municipal do Funchal na concretização do projeto vencedor da sessão 2018 da Assembleia Municipal Jovem do Funchal.

A infraestrutura passa a ser disponibilizado para o efeito, às sextas-feiras à tarde e aos sábados, tal como também já era feito para o Grupo Dançando com a Diferença.

O apoio financeiro da Autarquia destinou-se a material desportivo para os atletas: kits de bolas, rampas de competição, fixadores de bolas de rampa, fitas de caixa de lançamento e fitas de marcação de campo.

Recorde-se que a sessão deste ano da Assembleia Municipal Jovem, uma iniciativa criada pelo atual Executivo em 2015, que veio permitir que os jovens do 3º Ciclo do Ensino Básico possam apresentar, votar e concretizar propostas para a cidade, decorreu na passada segunda-feira. Este ano venceu a proposta do Externato da Apresentação de Maria, denominada "Tu Pedalas!", que prevê uma plataforma para a disponibilização de bicicletas públicas nalguns pontos da Baixa do Funchal.

O presidente da autarquia, Paulo Cafôfo, e os vereadores Madalena Nunes e Bruno Martins entregaram ao ginásio o material para a prática desta modalidade, num momento que contou com a presença dos jovens autores do projeto e de professores e atletas do Clube Desportivo Os Especiais, que acompanharam a sua implementação.

Paulo Cafôfo registou “o orgulho em testemunhar a materialização de mais um projeto que nasceu na Assembleia Municipal Jovem e que vem reforçar a importância de lutar diariamente pela inclusão e igualdade de oportunidades nos mais diversos contextos, especialmente nas escolas, locais privilegiados para formar cidadãos mais humanos e tolerantes. Esta é mais uma ferramenta municipal de enorme valor para promover a cidadania ativa junto dos jovens, em benefício de uma cidade pensada por todos e para todos.”

O presidente deixou ainda palavras de agradecimento ao Clube Desportivo Os Especiais. “Esta Câmara tem feito a sua parte para tornar o Funchal numa cidade cada vez mais acessível e inclusiva. Acredito que o caminho que percorremos nos últimos anos é indiscutível, e deixa-me feliz ver a forma como a sociedade civil, as escolas e as associações se têm juntado a nós para construir uma cidade melhor.”