CD Nacional : Despedimento coletivo em cima da mesa

A Administração do Nacional pondera comunicar aos futebolistas que têm contrato a intenção de partir para o despedimento coletivo, de forma a reajustar o orçamento do futebol profissional à redução de apoios advinda da despromoção.

A SAD do Nacional pondera avançar para o despedimento coletivo com o intuito de adaptar a atividade desportiva à redução orçamental que o clube terá de enfrentar adjacente à despromoção para a II Liga.

Sabe o JM que os alvinegros pretendem remodelar os parâmetros financeiros atualmente existentes no grupo de trabalho, estipulando novos tetos salariais que não comprometam a saúde económica da instituição.

A redução de receitas para o futebol profissional obrigará ao reposicionamento do emblema a diversos níveis, nomeadamente no que concerne ao vencimento dos diferentes futebolistas que fazem parte dos quadros da equipa.

Fim da linha para Costinha

A ligação de Costinha ao Nacional terminará após o encontro, no Jamor, diante do Belenenses SAD, se tudo correr dentro da normalidade. Aliás, a saída do treinador foi praticamente anunciada pelo próprio, recentemente...

Apesar de sempre ter contado com o apoio total da administração nacionalista e demais estrutura para o futebol, o treinador não conseguiu disfarçar o desconforto pela forma como foi tratado por alguns adeptos nos momentos mais complicados da temporada.

Conheça todos os pormenores da situação do Nacional, na edição impressa do JM de hoje.