Leonardo Jardim quer “trabalhar limites até ao fim” na luta pela manutenção

Redação

O treinador do Mónaco, o madeirense Leonardo Jardim, mantém-se focado na manutenção, apontando o trabalho como ingrediente principal para conseguir o objetivo.

“Recordem-se que quando assumi a equipa, na 22ª jornada, nós tínhamos apenas 15 pontos. Ninguém permaneceu na Ligue 1 com tanto atraso. Nós devemos manter isso na cabeça. Esta é uma guerra que deve ser travada todos os dias e vai durar até ao fim. Até lá, devemos continuar a trabalhar os nossos limites com a mesma atitude que tivemos contra o Rennes, quando estávamos a perder 0-2”, começou por referir, na antevisão do jogo de domingo diante do Saint-Etiénne.

Leonardo Jardim admitiu ainda que a sua equipa não poderá perder o foco: “Na verdade, hoje estamos com 33 pontos. A situação está difícil, mas devemos ter os pés no chão e manter o foco”.

Recorde-se que faltam apenas quatro jornadas para o fim do campeonato francês, e a luta pela manutenção encontra-se ao rubro, com quatro equipas a lutar para evitar a descida ao segundo escalão. Dijon (28 pontos), Caen (29), Amiens (33) e Mónaco (33) são as equipas que lutam para evitar a ‘desgraça’, com Mónaco e Amiens a terem 4 pontos de vantagem para a zona de despromoção.