Presidente do Mónaco despede Vasilyev e pede desculpas a Leonardo Jardim

Redação

O Monaco divulgou um comunicado escrito na primeira pessoa pelo presidente Dmitry Rybolovlev onde dá conta do despedimento do vice-presidente Vadim Vasilyev devido ao fracasso desportivo dos monegascos esta época.

"Durante os seis anos que Vadim Vasilyev trabalho no Monaco, viajámos juntos por muito tempo. Tivemos muitos sucessos: vencemos a liga francesa e chegou às meias-finais da Liga dos Campeões. No entanto, foram cometidos erros graves no ano passado, o que levou aos piores resultados desportivos dos últimos sete anos. Tomei uma decisão muito difícil para mim. Vou libertar Vadim Vasilyev do cargo de vice-presidente ", anunciou Rybolovlev.

O empresário russo lamenta ainda a saída de Leonardo Jardim em outubro. "Quero pedir desculpas ao Leonardo Jardim pelo erro cometido em outubro. Pedi-lhe para voltar ao clube para liderar a equipa e validei todas as suas propostas apresentadas sobre a chegada de jogadores no mercado de inverno", sublinhou.