Leonardo Jardim aborda arbitragens: “Em 17 anos nunca fui expulso”

Redação

Leonardo Jardim analisou a sua expulsão no jogo do último domingo com o Montpellier (2-2), para a Liga francesa.

“É preciso saber ter controlo nesses momentos. O poder está do outro lado (do árbitro), eu não preciso falar. Sou como Copérnico e Galileu. Ambos estavam certos em relação ao sistema solar, mas preferiram não dizer nada. Em 17 anos nunca fui expulso. Não disse nada ao árbitro e não vou recorrer”, referiu em conferência de imprensa.
No domingo, após o jogo, o técnico madeirense tinha justificado assim a decisão do árbitro: “Fui expulso porque disse ao meu jogador para não sair de campo. O árbitro não viu a entrada sobre Golovin, o jogador do Montpellier não recebeu cartão e não autorizou que o meu jogador fosse assistido. Disse-lhe para sair de campo. Estávamos com um jogador a menos e eles marcaram. Não entendo porque Jemerson foi expulso. Nesse jogo perdi dois jogadores”, disse na altura.