Emiliano Sala morreu devido a "ferimentos graves na cabeça e no tronco"

Foi concluída a autópsia ao corpo de Emiliano Sala. O futebolista foi identificado na noite de quinta-feira e o relatório, de acordo com o PÚBLICO, revela que Sala morreu por não resistir a "ferimentos graves na cabeça e no tronco".

Ian Parry, o médico legista da região de Dorset, onde foi encontrada a aeronave Piper PA-46-310P Malibu, acrescentou no mesmo relatório que o reconhecimento ao corpo de Emiliano Sala foi feito através das impressões digitais.

Os resultados da autópsia abriram, de acordo com a Sky News, um inquérito na Agência de Investigação de Acidentes Aéreos (AAIB) que poderá ter uma duração de seis meses e um ano.

Recorde-se que o outro ocupante do avião, o piloto David Ibbotson, não foi ainda encontrado.

As buscas prosseguem, e foi feito um novo 'crowdfunding', para que a investigação não cesse.