Leonardo Jardim ‘afasta’ demissão no Mónaco: “estou aqui para dar o meu melhor”

Redação

O treinador madeirense Leonardo Jardim assumiu a responsabilidade pelos maus resultados do Monaco neste arranque de temporada mas diz que está empenhado em recuperar o espírito ganhador da equipa e garante que nunca pensou em pedir a demissão. O treinador lembra que renovou contrato recentemente e que não será agora que vai fugir.

A verdade é que o clube monegasco passa por dificuldades face aos resultados negativos, uma crise que se agudizou na passada terça-feira com a inesperada derrota diante do Angers (0-1). Na conferência de imprensa desta quarta-feira os jornalistas começaram por perguntar que mensagem é que Leonardo Jardim tinha passado aos jogadores depois do último desaire. “A mesma que já tinha passado antes. Precisamos de uma reação, mostrar mais vontade, mais energia. Representamos o Monaco, um grande clube, habituado a estar entre os três primeiros e nas competições europeias. Toda a gente tem de ter consciência disso”, referiu.
Em termos pessoais, Leonardo Jardim garante que se sente seguro e que nunca pensou em abandonar o clube. “Já estou aqui há cinco anos e respeitei sempre o meu contrato. Prolonguei o meu vínculo, era essa a minha vontade numa altura em que podia ter saído. Não é agora que vou fugir. Estou aqui para dar o meu melhor”, referiu ainda.
Recorde-se que o Mónaco não vence há sete jogos consecutivos estando no 16.º lugar, com seis pontos, a dois apenas da linha de despromoção.