Bruno de Carvalho suspenso e ações do Sporting sobem 30%

É uma reação à suspensão de Bruno de Carvalho da presidência do Sporting, cujo anúncio fez com que as ações do clube subissem quase 30%.

A informação foi revelada pelo ECO que acrescenta que as ações subiram 29,51% para os 0,79 euros, depois de sessões marcadas por quedas acentuadas no seguimento da rescisão por justa causa por parte de seis atletas, a que se somou ainda a saída de Jorge Jesus, tudo isto na sequência das agressões registadas em Alcochete.