Carlos Pereira responde a Bruno de Carvalho

Redação

Presidente do Marítimo reagiu ontem às acusações de Bruno de Carvalho, que o apelidou como um dos "fiéis escudeiros" de Luís Filipe Vieira. Sobre o homólogo do Sporting, o líder verde-rubro começou: "Conhecem a história do fósforo?"

"Conhecem a história do fósforo? A sua cabeça acende e apaga com uma grande rapidez e facilidade. São situações fugazes, pois ele quer permanentemente andar na praça pública. Falta-lhe maturidade, pois é impetuoso na defesa do Sporting e revolucionou o clube com a sua forma de gestão. Mas não deixa de ser como… o fósforo. Acende e apaga com muita facilidade", comparou o presidente do Marítimo, esta terça-feira, em declarações ao jornal Record.

Carlos Pereira refutou as declarações de Bruno de Carvalho, publicadas no Facebook, onde acusava, entre outros, o presidente da equipa madeirense de ser um dos "fiéis escudeiros" de Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica.

"Bruno de Carvalho conhece-me muito mal e está a fazer afirmações fora de qualquer contexto. Nada daquilo corresponde à realidade, nem me revejo naquelas declarações. Nem ele nem os outros clubes grandes podem estar ofendidos comigo ou connosco, como também não fiquei ofendido quando os três foram reunir com o Governo, sem levar nenhum dos outros. É a prova provada de que a direção da Liga, com o assento obrigatório dos três, pouco ou nada defende o interesse do futebol", considerou Carlos Pereira, que revelou ainda que já não fala com o presidente dos encarnados "há meses".