Mundial2022: Locais vestidos com as cores lusas sobrepõem-se aos naturais de Portugal

LUSA

Os adeptos residentes no Qatar vestiram-se hoje com as cores da seleção portuguesa de futebol para manifestar apoio na estreia no Grupo H do Mundial2022, no Qatar, onde alguns fãs naturais de Portugal se deslocaram ao Estádio 974.

São muitas as camisolas da equipa das ‘quinas’ que ‘passeiam’ nas imediações do palco que vai acolher o primeiro encontro de Portugal, diante do Gana, na oitava presença em Campeonatos do Mundo, a sexta seguida, mas são os adeptos residentes no Qatar que mais se fazem sentir, contrastando com os ganeses, igualmente apoiados por locais.

O ambiente em redor do recinto, com capacidade para 44.089 espetadores, não é de grande festa, mas os fãs que vão entrando, aos poucos, após passarem pela segurança exigente, vão certamente ‘colorir’ as bancadas do '974' com as cores de ambas as seleções, quando o norte-americano Ismail Elfath apitar pela primeira vez.

De Portugal há pequenos grupos de amigos, algumas famílias que viajaram até Doha e outras que residem há alguns anos no país do Médio Oriente, "ansiosas" para ver a equipa comandada por Fernando Santos “entrar com o pé direito”, como é o caso da portuguesa Ângela, que vive com o marido na capital do Qatar.

“Eu acho que sim, que vamos entrar como o pé direito, mas é um Mundial e as equipas como Japão e Arábia Saudita já ganharam a grandes equipas [Alemanha e Japão, respetivamente]. Vamos ver”, expressou a portuguesa, natural de Vila Nova de Famalicão, em declarações à agência Lusa.

A residente no Qatar, onde recebeu a visita dos pais nos últimos dias, também eles com ingresso para o jogo inaugural, tem esperança nos golos do capitão Cristiano Ronaldo e aponta Portugal à grande final, agendada para o dia 18.

“Espero que sim, espero que marque uns bons golos. Portugal pode ir até à final e tem potencial para isso. Vamos ver”, perspetivou.

Portugal e Gana jogam a partir das 19:00 locais (16:00 em Lisboa), no Estádio 974, em Doha, num encontro que será arbitrado pelo norte-americano Ismail Elfath.

No outro encontro do Grupo H, a Coreia do Sul, de Paulo Bento, empatou sem golos com o Uruguai, no Estádio Education City, em Doha.

A 22.ª edição do campeonato do Mundo decorre até 18 de dezembro, no Qatar.