Miguel Nunes (Skoda Fabia Rally 2) enfrenta mais quatro classificativas durante a tarde

Paulo Graça

A primeira parte do rali da Calheta, 2.ª prova do Campeonato Regional de Ralis Coral da Madeira, está finalizada, com a dupla Miguel Nunes/Roberto Castro, em Skoda
Fabia (Rally 2), a liderar a prova, com uma diferença de 9,9 segundos para a dupla Pedro Paixão/João Paulo (Hyundai I20 R5).

O piloto do Hyunday I20 R5,viatura da geração mais antiga, tem sido os grandes animadores da prova e parece, neste momento, o único que pode lutar pela vitória na prova com Miguel Nunes. Contudo, a diferença para o piloto do Skoda Fabia Rally 2 deve ser suficiente para chegar ao fim do dia na liderança, embora nos ralis existam sempre os momentos de azar que é a sorte de outros.

O terceiro da geral é Alexandre Camacho, já muito mais longe do líder e quase sem possibilidades de vir a lutar na parte da tarde por um melhor lugar. A diferença de 15 segundos para Pedro Paixão e de 24,9 segundos para Miguel Nunes são, neste tipo de prova, quase irrecuperáveis, ainda por mais quando temos pilotos com a mesma qualidade ao volante.

Destaque ainda para as prestações de Filipe Freitas, em Porsche 911 GT3, que chegou a vencer uma classificativa, igualmente para Paulo Mendes, em carro idêntico, que é o quinto da geral, a mais de um minuto da liderança. A fechar o top-10, destaque para José Camacho (6.ª), num Peugeot 208 T16 R5, Rui Jorge Fernandes (7.ª), num Renault Clio R3, Dinarte Baptista (8ª), também num Renault Clio R3, Miguel Caires (9ª), num Renault RS Rally 4, e Ivo Sardinha (10ª), num Peugeot GT Rally 4.

Os pilotos estão em parque de assistências e voltam á estrada daqui a pouco para percorrer mais quatro provas especiais de classificação, com início na PEC6 – Calheta, numa distância de 6,74 kms.