Carlos Pereira renuncia à SAD e a todas as empresas do universo Marítimo

Carlos Pereira respeita a vontade da maioria dos sócios maritimistas e vai sair da SAD e das empresas do universo Marítimo no imediato.

A intenção passa por acelerar o processo de transição para a direção comandada por Rui Fontes, de forma a que o clube sinta o menos possível a sua saída.

De consciência tranquila e certo de que deixa um legado muito grande, como referiu ao JM, Carlos Pereira pretende contribuir para que a sua sucessão seja célere.

A tomada de posse deverá acontecer até o dia 4 de novembro. E apesar de ter mandato na SAD até fevereiro de 2022, também vai provocar eleições para a entrada dos novos administradores de uma sociedade que será presidida por João Luís.