Pai de Miguel Oliveira lamenta morte de piloto de 15 anos e afirma que motociclismo “merece mais”

Miguel oliveira

Numa publicação feita na sua página, o progenitor do motociclista português mostrou-se indignado com os atos de irresponsabilidade de uns que custam caro a outros.

"Estou revoltado com mais esta morte no desporto. Tenho um filho piloto e apoio e dou o meu contributo para formar outros. E chegar ao topo não pode ser a qualquer custo! Existe muito empenho e trabalho por parte de todos intervenientes! Pilotos, pais, família, amigos, patrocinadores, professores e etc., mas falta algo mais... Bom senso! O bom senso de dar o exemplo e disciplinar! Dar o exemplo por vezes é sancionar fortemente aqueles que dão um mau exemplo", escreveu.

"Este ano partiram o Jason, o Hugo e hoje o Dean, estou muito triste... O motociclismo merece mais. Merece que estes miúdos tenham a oportunidade de serem exemplos na sociedade e partilhem com o mundo as emoções e a adrenalina que nos move no dia a dia", concluiu.

Recorde-se que Dean Berta Vinales não resistiu às lesões sofridas na cabeça e no tórax aquando da sua queda no asfalto.