Rio Ave cria figura do provedor do adepto

Lusa

O Rio Ave, da I Liga portuguesa de futebol, anunciou hoje a criação do cargo de provedor do adepto, que será ocupado por João Paulo Menezes, sócio do emblema vila-condense, jornalista e professor universitário.

Os responsáveis do Rio Ave entenderam que os recentes meses de pandemia e confinamento provaram ser "fulcral não deixar apagar a chama rioavista entre os sócios e adeptos", pretendendo que o titular deste cargo inédito no clube possa "estreitar a relação e trazer ainda mais os associados e adeptos para a realidade diária do Rio Ave".

"Este já era um desejo antigo. Ao criar o provedor do adepto, temos a garantia de ter uma pessoa que esteja mais próxima dos nossos adeptos. Que os ouça, que registe as suas preocupações, as suas sugestões e críticas. Era a pessoa que faltava para fazer a ponte entre a direção e os sócios", disse o presidente do clube, António Silva Campos, em declarações ao site do clube.

Sobre a escolha de João Paulo Menezes, o dirigente falou numa pessoa "com muito conhecimento do Rio Ave e apaixonado pelo cube", esperando que "crie soluções e ajude a compreender os anseios dos sócios e adeptos".

Já o novo provedor do adepto do Rio Ave partilhou que "não poderia recursar o convite", esperando contribuir para o objetivo do clube em aumentar do número de sócios.

"Face ao que o clube é hoje, poderíamos ter mais sócios e adeptos. Esse é o grande desafio. Em termos práticos, tentarei ser o porta-voz dos adeptos, aproximá-los do clube e a médio prazo ser uma ajuda, por pequena que seja, para fazer crescer o Rio Ave", disse João Paulo Menezes.

O responsável está, a partir de hoje, disponível para ouvir os anseios dos associados e adeptos do Rio Ave, sendo possível agendar uma reunião presencial, que acontecerá às quartas-feiras, entre as 19:00 e as 20:00, na sede do clube.