MADEIRA Meteorologia

Portugal sofre primeira derrota no Mundial de andebol de sub-21 com Ilhas Faroé

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
26 Junho 2023
17:35

Portugal sofreu hoje a primeira derrota no Mundial de sub-21 de andebol frente às Ilhas Faroé, por 27-19, em Hanôver, na Alemanha, e avança para os quartos de final na segunda posição do grupo 2 da ronda principal.

A surpreendente seleção das Ilhas Faroé prossegue invicta na prova e não vacilou frente a Portugal na decisão da primeira posição do grupo 2 da ronda principal, vencendo por oito golos (27-19), depois de ter chegado ao intervalo com cinco de vantagem (15-10).

Portugal vai defrontar na quinta-feira nos quartos de final a ainda invicta seleção da Islândia, que venceu o grupo 2 da ronda principal, impondo-se hoje por 29-28 ao Egito.

As seleções entraram na partida com alguns jogadores menos utilizados, a pensar nos jogos de quinta-feira dos ‘quartos’, poupando algumas peças mais utilizadas, e os primeiros minutos pertenceram a Portugal, que liderou até aos 5-3.

As Ilhas Faroé, a recorrer ao sistema de jogo ofensivo sete contra seis, passou para a frente do marcador pela primeira com um parcial de 4-0 (7-5), e tirou partido de alguns erros da seleção portuguesa para alargar a vantagem para cinco golos ao intervalo (15-10).

Portugal entrou bem na segunda parte, ligeiramente mais assertivo na hora das decisões ofensivas, e, impulsionado por uma mão cheia de boas intervenções de Diogo Rêma na baliza, reduziu para a diferença de três golos com dois seguidos (15-12).

A seleção das Ilhas Faroé marcou apenas dois golos nos primeiros 14 minutos da segunda parte, atestando a melhoria defensiva de Portugal, mas a reação lusa, que continuou pouco letal no ataque, foi inconsequente, já que não encurtou a diferença.

O melhor que Portugal fez foi encurtar a desvantagem para três golos (15-13, 16-13 e 17-14), enquanto a moralizada seleção das Ilhas Faroé foi alargando a diferença, que chegou aos sete golos, aos 22-15, com 10 minutos por jogar.

As Ilhas Faroé, que se impuseram na fase de grupos à campeã europeia de sub-19 Espanha, que vai terminar o Mundial fora dos oito primeiros, aumentou a vantagem para oito golos, a controlar Portugal à distância, e fechou aos 27-19.

Bjarni Selvindi e Bogi Hansen, ambos com oito golos, foram os melhores marcadores das Ilhas Faroé e do encontro, enquanto André Sousa, com quatro, foi o melhor português nas ações ofensivas.

Décio Ferreira

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com o investimento de 14 milhões de euros num navio de investigação?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas