Desenchochar

“A língua é um organismo vivo.” Serve esta conhecida frase para indicar que uma língua é algo que está em constante evolução e adaptação, tal como as sociedades que a utilizam. Serve também para indicar que é a capacidade dos seus falantes de criarem e incorporarem palavras novas ao léxico e de permitirem a existência de novos significados que determina a vitalidade de uma língua. Nesse ponto, arrisco-me a dizer que o nosso português está de boa saúde.
Uma evidência do dinamismo e inovação do idioma de Camões é o ‘Desdicionário da Língua Portuguesa’, de Luís Leal Miranda, editado no ano passado. Este livro, cujo primeiro neologismo aparece logo no título, nasceu primeiro numa página do Facebook (Novas Palavras Novas) e reúne 219 vocábulos com cheirinho a novo.
A vontade ou necessidade de criar palavras novas não é de hoje. Já Eça de Queirós se aventurou nesse campo, com os verbos “cervejar” e “cachimbar”. Para meu agrado, há muitos outros escritores que o fazem, sendo Mia Couto, daqueles que já li, o que me parece ser mais criativo e mais fértil. É dele inclusivamente o neologismo “falinventar”.
Adepta fervorosa desta modalidade literária, eu própria, modestamente, já criei umas quantas palavras. Aquela de que mais gosto é “desenchochar”. Derivando do substantivo “chocho” (que significa fraco, sem graça, desanimado), desenchochar é o verbo que indica a ação de sair desse estado.
Foi durante umas férias no Alentejo que inventei este termo para resumir qual era o objetivo das atividades noturnas que ia realizar com as minhas amigas: nós íamos sair para desenchochar. E ao longo da noite, fomos, com sucesso, desenchochando. Entre nós a coisa pegou e a minha criação ganha vida cada vez que é usada novamente.  Ainda no fim de semana passado ela voltou a dar o ar da sua graça, durante um passeio pelo Porto.
Um dia gostava de ver desenchochar e as suas derivações entrarem para um Desdicionário, ou quem sabe mesmo, para um Dicionário. Por enquanto, já fico contente por bastar um clique para adicioná-la ao corretor ortográfico do meu PC e do meu telemóvel.