Dia da Madeira na Diáspora: ‘Lockdown’ não permite grandes celebrações em Joanesburgo

Marco Sousa

José Luís da Silva, madeirense na África do Sul, foi um dos ouvidos na Comunidade, mais precisamente da cidade de Joanesburgo. Em relação à celebração desta data afirmou não haver nada na cidade de Joanesburgo “porque esta pandemia veio limitar as celebrações”.

Ainda assim, adiantou-nos uma pequena celebração que vai realizar com amigos. “Posso adiantar-lhe que tenho algumas pessoas aqui na minha casa, que na quarta-feira vamos reunir-nos aqui”. O Conselheiro das comunidades afiançou que será “algo muito breve, com os amigos, alguns madeirenses outros não, para fazermos um brinde com Vinho Madeira e depois cada um vai à sua vida”, uma vez que “não pode haver ajuntamentos”.

“Uma comemoração muito simples, muito singela só para relembrar, realmente, a importância que a autonomia teve para todos nos madeirenses”, descreve.

Mais informações sobre o Dia da Madeira nas Comunidades Madeirenses na edição impressa do JM desta quarta-feira.