"Chegámos aos 91 casos", anunciou Maduro

Marco Sousa

O Presidente da Venezuela anunciou esta quarta-feira que foram registados sete novos casos de coronavírus no país, nas últimas 24 horas, o que eleva para 91 o número de doentes com a covid-19.

“Hoje chegámos aos 91 casos. Felizmente, ainda não há mortos”, disse Nicolás Maduro à televisão estatal venezuelana.

O chefe de Estado venezuelano insistiu que estão “a ser radicalizadas” as medidas de quarenta social preventiva, com mais restrições à circulação de pessoas, no Distrito Capital e nos vizinhos estados de Miranda e La Guaira, que concentram 62 casos registados.

O governante apelou à população para “manter a quarentena e ter paciência até superar esta adversidade” e às Forças Armadas para que “protejam e sirvam o povo”.

A Venezuela está desde 13 de março em “estado de alerta”, o que permite ao executivo decretar “decisões drásticas” para combater a pandemia. O “estado de alerta” foi decretado por 30 dias, que podem ser prolongados por igual período.