África do Sul ultrapassa os 700 infetados

José Luís Silva, Correspondente em Joanesburgo (África do Sul)

Continua a aumentar os casos confirmados de Covid-19 na África do Sul, nas últimas 24 horas surgiram 205 novos casos e atingiu-se um total de 709 infeções. Não há registo de qualquer óbito no país, mas deram entrada os dois primeiros pacientes infetados com Coronavírus, esta quarta-feira, em unidades de cuidados intensivos.

Recorde-se, Cyril Ramaphosa, Presidente da África do Sul, anunciou esta segunda-feira o " lockdown" no país devido à pandemia COVID-19, medida que vai iniciar-se a partir das zero horas de quinta-feira e que consiste na proibição de todas as atividades do país.

Esta decisão vai até dia 16 de abril, durará 21 dias e não se aplica aos serviços essenciais, como trabalhadores da saúde do setor público e privado, o pessoal de Emergência, serviços de Segurança – como os serviços de polícia, agentes de trânsito, militares e soldados. A exceção vai alargar-se também aos envolvidos na produção, distribuição e fornecimento de alimentos e bens básicos, serviços bancários essenciais, manutenção de energia, serviços de água e telecomunicações, serviços laboratoriais e prestação de serviços médicos e de higiene.