Estabelecimentos madeirenses encerrados temporariamente após tentativa de assalto em Johannesburg (imagens)

José Luís da Silva - Correspondente em Joanesburgo ( África do Sul )

A Turf Club Street, umas das artérias de maior movimento em Johannesburg, a maior cidade da África do Sul, encontra-se deserta. Está a recuperar de uma tentativa de assalto que levou ao encerramento de diversos estabelecimentos madeirenses.

As autoridades policiais – Flying Squad e K5 - intervieram atempadamente e conseguiram neutralizar os assaltantes que tinham como alvo um pequeno estabelecimento de nacionais e estrangeiros.

Já os comerciantes, muitos deles madeirenses, tomaram medidas de precaução e encerraram as suas lojas. Foi esse o caso da mais antiga companhia portuguesa, e propriedade dos madeirenses J.J. Abreu e Matilde Abreu, situada na Main Street, Rosettenville, que fechou o estabelecimento por razões de segurança, à semelhança do estabelecimento Rio Douro, propriedade de luso-descendentes oriundos da Ilha da Madeira.