Cadeia de supermercados de proprietários portugueses assaltada na Venezuela

Tudo terá sucedido na madrugada do passado dia 9 de março. O supermercado Luvebras de la Florida, propriedade de portugueses, brasileiros e venezuelanos, foi assaltado por um grupo de cidadãos de Caracas. De acordo com o relato dos trabalhadores, o grupo terá furtado uma grande variedade de bebidas alcoólicas.

Os trabalhadores indicaram igualmente, através das redes sociais, que além dos civis, também membros da Guarda Nacional terão participado no assalto.

De acordo com a Lusa, fontes empresariais disseram que, apesar do ocorrido, o supermercado abriu portas, sendo visíveis danos causados nas prateleiras e nas grades que protegem os vidros frontais do estabelecimento, situado no Centro Comercial La Florida.

Por outro lado, no centro de Caracas, na Avenida San Martín, vários comerciantes também viram os seus estabelecimentos, principalmente talhos, roubados.

Recorde-se que a Venezuela cumpriu no passado domingo três dias de apagão nacional, o mais longo da sua história, o que potencia a atividade criminosa.