Filho de madeirense morta a tiro na África do Sul saiu do estado de coma

José Luís da Silva – Correspondente em Joanesburgo ( África do Sul )

O filho da madeirense que foi atingida a tiro na África do Sul, que se encontra internado no Union Hospital, em Alberton, saiu do estado de coma e recuperou a consciência. Segundo apurado pelo JM, a equipa médica está otimista quanto à sua recuperação.

Recorde-se que o professor universitário Manuel Fernandes sofreu um ferimento grave, resultante da penetração de um projétil de arma de fogo durante um assalto à mão armada à residência onde vivia coma mãe.

Maria Gilda Fernandes,64 anos, natural do Porto Moniz foi atingida mortalmente.

Saiba mais na versão impressa desta quinta-feira do seu JM-Madeira.