Madeirense de 26 anos condenado por violação em Jersey

Marco António Sousa

“João Pedro Vieira, de 26 anos, foi segunda-feira condenado a cinco anos e três meses de prisão e inscrito no registo de agressores sexuais durante sete anos”, após “confessar-se culpado de violação em agosto deste ano”, anunciou o ‘States of Jersey Police’.

Após o crime, que remonta a agosto de 2020, “a vítima compareceu em primeira instância no Centro de Referência de Agressão Sexual, onde foram realizados vários procedimentos de perícia legal”.

A vítima decidiu contactar a Polícia para apresentar uma queixa formal que posteriormente iniciou uma investigação em 6 de setembro de 2020. O madeirense acabou acusado em março de 2021.

O madeirense apresentou uma confissão de culpa no tribunal em agosto de 2021 e acabou por ser culpado.

A polícia enaltece a “grande coragem” demonstrada pela jovem “ao longo desta investigação”.

A detetive inspetora Christina Maclennan, chefe do departamento de investigação, disse: “Estamos empenhados em investigar e processar todos os criminosos sexuais e queremos garantir às vítimas que há várias agências que estão em posição de oferecer apoio e orientação em todas as fases do crime processo de justiça”.

“Continuamos a trabalhar ao lado de parceiros, especialmente serviços de apoio e defesa, como o SARC, JAAR e o Refúgio de Mulheres de Jersey, para encorajar as vítimas de crimes sexuais a relatar tais incidentes”, conclui a detetive.