Comunidade lamenta morte do padre Alexandre Mendonça

Marco António Sousa

Foi com pesar e muita dor que a comunidade portuguesa na Venezuela recebeu hoje a notícia da morte do padre Alexandre Mendonça, diretor da Missão Católica Portuguesa de Caracas.

O madeirense, que abraçou o desafio de viajar para a Venezuela há mais de 50 anos, encontrava-se num estado muito débil de saúde.

De acordo com um membro da comunidade local, apenas “um milagre” poderia salvar a vida deste grande homem da comunidade portuguesa radicada em terras de Simón Bolivar.

Nos últimos anos, o padre Alexandre Mendonça tem sido uma voz ativa de alerta das carências que atravessam quer os venezuelanos, quer os portugueses que lá vivem.

O JM endereça as maiores condolências à família e amigos neste momento de dor.