Duas dezenas de crianças armadas saquearam supermercado em Lecherías

Duas dezenas de crianças armadas saquearam quinta-feira um pequeno supermercado na localidade de Lecherías, 325 quilómetros a leste de Caracas.

As crianças, que segundo a imprensa local têm idades compreendidas entre os 07 e os 13 anos, entraram rapidamente ao supermercado e ameaçaram os empregados com armas de fogo, saqueando depois tudo o que puderam.

Um vídeo divulgado na Internet mostra várias crianças a entrar na zona das caixas do supermercado, com alguns adultos a aproveitarem também a situação para roubar alguns bens.

O saque, em que as caixas registadoras foram também levadas, ficou registado no sistema de videovigilância do supermercado e a gravação foi entregue ao Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalísticas (CICPC, antiga Polícia Técnica Judiciária) que aguarda um parecer dos organismos venezuelanos de proteção aos menores e adolescentes.

Na Venezuela são frequentes as queixas da população sobre a falta de segurança e a criminalidade no país e ainda sobre os preços elevados dos bens de consumo e das dificuldades para conseguir alguns produtos do cabaz básico alimentar, como arroz, massa, farinha de milho, açúcar, café, margarina e óleo, entre outros.

No entanto, é a primeira vez que se regista um saque deste tipo.