Emigrantes promovem jogos tradicionais da Venezuela

Delia Meneses

Primeiro foi a criação de um clube de basebol e agora se somam um campeonato de "bolas criollas" e um torneio de dominó, tudo com o apoio das autoridades da Junta de Freguesia de São Martinho.

Os emigrantes que regressaram à Madeira nos últimos anos, os lusodescendentes e os venezuelanos sem raízes portuguesas, com o apoio das autoridades locais de São Martinho, têm-se organizado para promover o basebol na ilha não só através da realização de torneios para adultos, mas também de demonstrações nas escolas para que a disciplina seja conhecida e praticada entre crianças e jovens.
Uma equipa já está formada: o Basebol Clube São Martinho, que treina aos domingos no campo de futebol sintético de São Martinho, próximo ao cemitério. Além disso, desenvolveram atividades no Liceu Jaime Moniz, na escola do Carmo de Câmara de Lobos e na escola da Lombada.

Aproveitar o oxigénio

A ideia de Duarte Caldeira, presidente da Junta de Freguesia de São Martinho, é promover a prática de outros jogos tradicionais da Venezuela, aproveitando o oxigénio que os mais de 10.000 venezuelanos, emigrantes e lusodescendentes que vieram para a Madeira nos últimos anos podem dar a estas atividades.
No passado sábado, 10 de outubro, teve início um campeonato de “bolas criollas” no Jardim Público da Ajuda.
É o primeiro a ser organizado e foi um torneio muito rápido e simples, mas vai servir de plataforma para outro, respeitando o regulamento desta modalidade.
As “bolas criollas” são um desporto venezuelano por excelência porque é jogado com regras reconhecidas pelo Instituto Nacional do Desporto da Venezuela.
"Trata-se de reavivar os jogos que muitos de nós disputamos na Venezuela e agora que há tantos venezuelanos na ilha, aproveitamos para jogar, promover o convívio e matar saudades. Aqui temos o campo na Ajuda. Desta vez foram poucos jogadores devido às restrições do Covid. O próximo torneio vai decorrer num domingo e com mais jogadores ", explicou José Fernandes.
No sábado, 17 de outubro, será a vez do dominó. Na sede da Junta de Freguesia de São Martinho, vai realizar-se um torneio às 2 da tarde. É uma atividade que se espera repetir com frequência.