Fugiu do hospital e depois pediu socorro em casa, em Santo António

Um homem fugiu do hospital no domingo, pedindo mais tarde novo socorro quando sofreu uma hemorragia no abdómen quando estava na sua residência.

Um individuo de sexo masculino foi, no domingo, socorrido pela Cruz Vermelha Portuguesa no caminho de Santo António, no Funchal, depois de ter fugido do Serviço de Urgências (SU) do Hospital Dr. Nélio Mendonça, onde tinha entrado devido a uma alegada automutilação na zona abdominal.

Desta vez, a vitima solicitou socorro para a sua residência, depois de ter reparado que estava com uma hemorragia na zona onde tinha os pontos cirúrgicos. Alertou o 112 para um novo socorro, tendo o Comando regional de Operações de Socorro (CROS) enviado uma equipa pré-hospitalar da CVP. Além da hemorragia, o homem de 40 anos estava com um discurso confuso, ansioso e muito nervoso, com momentos de descontrolo emocional. Foi socorrido pela segunda vez fora do hospital e de novo levado para o serviço de urgências. Ficou em observação nas urgências.