Detido suspeito de homicídio do carreiro do Monte

O presidente da direção da Associação Carreiros do Monte terá sido assassinado, com dois tiros na cabeça, esta tarde, naquela freguesia.

O suspeito ter-se-á barricado numa casa próxima ao local do crime, perto do Largo da Fonte, de onde descem os carreiros, mas entretanto já foi detido pela polícia.

Os Bombeiros Voluntários Madeirenses emitiram um comunicado, a confirmar a deslocação de uma equipa para o local, às 17h35, descrevendo a ocorrência: «indivíduo do sexo masculino vítima de agressão por arma de fogo».

À Lusa, fonte dos bombeiros refere que a vítima é o chefe dos carreiros do Monte, tendo a rixa ocorrido com um outro ex-colega de profissão.

“Confirmo que houve uma discussão da qual resultou um morto”, disse.

A fonte adiantou que os bombeiros ainda tentaram reanimar o homem, mas este acabou por falecer, encontrando-se o corpo no local à espera da chegada do delegado de saúde para confirmar o óbito.

O incidente deu-se no começo do trajeto dos carros de cesto, no Monte, informou.

No local estiveram, além dos bombeiros, uma Equipa Médica de Intervenção Rápida (EMIR) e a Polícia de Segurança Pública (PSP).