Capitania do Porto do Funchal explica socorro a sueca no Cais do Sardinha

O capitão do Porto do Funchal, em coordenação com o subcentro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo do Funchal (MRSC Funchal) e em articulação com o Serviço Regional de Protecção Civil, coordenou hoje, durante o período do almoço, uma operação de resgate, através da evacuação por via marítima, de uma turista de nacionalidade sueca que se encontrava a efetuar a vereda da Ponta de São Lourenço”, informa a Capitania do Porto do Funchal, em nota enviada esta noite às redações.

A sinistrada de 62 anos sofreu uma entorse no membro inferior direito, necessitando de ser evacuada para receber assistência médica.

“Nesta ação foi empenhada, de acordo com o protocolo de cooperação entre a Marinha, a Autoridade Marítima Nacional e a Associação Madeirense para o Socorro no Mar, a embarcação salva-vivas da SANAS Madeira (SANAS103), em cumprimento do Plano Integrado de Salvamento Marítimo da Região Autónoma da Madeira, tendo esta embarcado uma equipa dos Bombeiros Municipais de Machico na marina da Quinta do Lorde”, acrescenta a informação.

O resgate foi efetuado pelas 13h42 no Cais do Sardinha, tendo o desembarque ocorrido pelas 13h50 na marina da Quinta do Lorde, onde aguardava uma ambulância ativada pelo Serviço Regional de Proteção Civil.

A sinistrada, informa ainda a Capitania do Porto do Funchal, foi transportada para o Centro de Saúde de Machico.

O Comando Local da Polícia Marítima do Funchal tomou conta da ocorrência.