Suspeito de matar o irmão fica em prisão preventiva

O homem suspeito de assassinar o seu próprio irmão à facada, na tarde da última quinta-feira, na Rua Nova Pedro José de Ornelas, no Funchal, vai aguardar julgamento em prisão preventiva.

O Arguido, com 61 anos de idade, natural e residente no Funchal, foi indiciado pela prática de um crime de homicídio, tendo prestado declarações. O presumível homicida foi presente hoje ao juiz de instrução criminal (JIC) do Tribunal da Comarca da Madeira para 1.º interrogatório judicial e viu-lhe ser decretada a prisão preventiva como medida de coação, tendo o interrogatório finalizado às 18:15 horas.

Tal como avançou o JM em primeira mão na sua edição online, o homem teve de ser assistido ao nível pré-hospitalar e foi transportado ao hospital numa ambulância dos Bombeiros Voluntários Madeirenses (BVM). Logo que receber alta, o indivíduo vai entrar na cadeia da Cancela, onde irá aguardar o julgamento.