Animad apresenta queixa pelo abandono de cães na casa paroquial do Monte

A associação Animad vai formalizar uma queixa relativamente à notícia publicada pelo JM, que deu conta que o pároco do Monte Vítor de Sousa foi de férias e deixou os cães na rua.

Essa queixa será feita esta segunda-feira à entidade responsável, a SEPNA - Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente, adiantou ao nosso jornal Natália Vieira, da Animad.

Recorde-se que os paroquianos do Monte manifestaram ontem indignação perante a atitude do padre, ao ter deixado cinco cães na via pública quando decidiu ir de férias. Segundo relatos chegados à redação, para que não fosse possível voltar a colocar os bichos no lugar onde estavam há já cinco anos, o responsável pelo imóvel da paróquia mudou todas as fechaduras das portas.

Os animais estão a ser alimentados por alguns populares mesmo em frente à porta da igreja do Monte.