Condições adversas suspendem buscas marítimas pelo homem desaparecido no Seixal

A elevada agitação marítima obrigou as embarcações envolvidas nas buscas pelo homem de 35 anos, que caiu no final da tarde de sábado ao mar no Poço das Lesmas, no Seixal, a se abrigarem no porto, levando as autoridades a suspender as operações em mar.

Em estado de alerta, encontra-se o Grupo de Mergulho Forense para, se as condições o permitirem, intervir nesta operação, declarou o Capitão do Porto do Funchal ao JM

Porém, os meios terrestres vão continuar a percorrer toda a costa norte até ao final da noite.

Amanhã, pelas 8 horas, todos os meios envolvidos, marítimos e terrestres, retomam as suas funções de procura pelo homem desaparecido. “Enquanto não se encontrar o homem, as buscas vão continuar”, assegurou Guerreiro Cardoso.