Vítima de atropelamento na Calheta acabou por falecer

Apesar dos esforços da Equipa Médica de Intervenção Rápida e dos Bombeiros Voluntários da Calheta (BVC), a vítima de atropelamento no túnel da Calheta acabou por falecer. Trata-se de um homem de 41 anos de idade.

O Comandante dos Bombeiros Voluntários da Calheta, Jacinto Serrão, confirmou ao JM que a equipa médica da EMIR já declarou o óbito do sinistrado no local. Os bombeiros e a EMIR estiveram largo tempo nas manobras de reanimação, mas o Suporte Básico de Vida (SBV) e o Suporte Avançado Vida (SAV) não surtiram qualquer efeito. O sinistrado acabou por falecer no local devido aos graves ferimentos na sequência do atropelamento.

O atropelamento mortal levou à interrupção do trânsito no Túnel da Calheta, em ambos os sentidos durante largos minutos.