Há pelo menos uma pessoa no interior do edifício a arder no centro do Funchal

O incêndio que consome o antigo edifício da Insular de Moinhos, bem no centro do Funchal, atinge dimensões assustadoras. Ainda mais preocupante é o facto de existir pelo menos uma pessoa no interior do espaço.

Quem se encontra no local consegue observar que existe pelo menos uma pessoa dentro do edifício, que já apareceu junto a uma das janelas.

Neste momento o incêndio parece difícil de controlar.