PJ Madeira faz detenção de suspeito de burla qualificada

A Policia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal do Funchal, com a colaboração do Departamento de Investigação Criminal de Setúbal, localizou e deteve um homem, de 30 anos de idade.

Segundo o comunicado da PJ, o indivíduo foi preso no "âmbito de Mandado de Detenção, para cumprimento de pena, emitido pelo Tribunal Judicial da Comarca da Madeira". A mesma nota refere que o detido foi identificado "numa outra investigação em curso como presumível autor do crime de burla qualificada, cujo 'modus operandi' consistia na venda de automóveis que não lhe pertenciam, a bons preços, publicitados através de sites de vendas". No final, o agora detido vendia a "através de contatos telefónicos, por mensagem ou mesmo contato pessoal, sendo os valores entregues em numerário ou com recurso a transferência bancária".